A Autora

Evelyne Leandro

Nasci em 1981, no estado do Paraná, sul do Brasil. Aos três anos, mudei-me com os meus pais para uma pequena cidade baiana. Apesar da vida simples e modesta que levávamos, passei uma infância feliz, acompanhada de pais amorosos e um pequeno irmão traquina – irmãozinhos são sempre traquinas –.  Às vezes, as distâncias de tamanhos continentais do Brasil me afastavam do meu pai, que desde aquela época trabalhava como caminhoneiro. Por sorte ou azar do destino, minha mãe completava um contraste familiar: Era dona de um salão de beleza exatamente ao lado da nossa casa.  Cresci vendo meus pais trabalhando muito e ganhando pouco. Mas em outras palavras, diria que cresci os vendo fazer maravilhas e sacrifícios para que nada nunca faltasse para mim e meu irmão.

Aos nove anos, passei a estudar na cidade vizinha à trinta quilômetros de distância da minha. Permaneci lá por nove anos, até que aos 18 comecei a cursar Administração em uma Universidade estadual. Após dez semestres alternando entre trabalho no período matutino e estudo no noturno, conquistei meu cobiçado diploma. Pouco tempo depois, fiz uma pós-graduação em Marketing.

Quando tinha 22 anos, conheci o voluntário alemão que já vivia há anos no Brasil, falava (quase) perfeitamente Português – alemão melhor ainda – e hoje é meu marido. Atualmente, além dos seus deveres como esposo, pai e professor, ele carinhosamente cumpre o papel de meu tradutor.

Foi em 2010 que me mudei com ele para a Alemanha. Aprendi a língua, fiz amigos de várias nacionalidades e comecei a trabalhar na área em que queria. Eu amava a minha vida, meu marido, meu trabalho e minha cidade. Ah, Berlim!

“Berlim, você é tão maravilhosa, Berlim!” – Sou apaixonada por essa cidade desde o primeiro momento em que pus os pés aqui.

Em 2012, graças à hanseníase, tive que pausar a minha vida por dois anos.

Hoje, com as dificuldades superadas e as mazelas deixadas para trás, trabalho como gerente de projetos com diversas organizações sociais.